2 Modelos de propagação estatísticos




Скачать 330.5 Kb.
Название2 Modelos de propagação estatísticos
страница5/5
Дата конвертации27.10.2012
Размер330.5 Kb.
ТипДокументы
1   2   3   4   5

COST231, European Cooperative in the Field of Scientific and Technical Research, EURO-COST 231, “Urban transmission loss models for mobile radio in the 900- and 1.800 MHz bands (Revision 2),” COST 231 TD(90)119 Rev. 2, The Hague, The Nederlands, September 1991, disponível em

http://www.lx.it.pt/cost231/final_repot.htm

COUCH, L. “Digital and Analog Communication Systems.” Upper Saddle River, NJ: Prentice Hall, 2001.

ERCEG, V., et.al, “A model for the multipath delay profile of fixed wireless channels,” IEEE JSAC, vol. 17, no.3, March 1999, pp.399-410.

ERCEG, V., et al, “An empirically based path loss model for wireless channels in suburban environments,” IEEE JSAC, vol. 17, no. 7, July 1999, pp. 1205-1211.

ERCEG, V., et al, ”Channel Models for fixed Wireless Applications,” IEEE 802.16.3c-01/29r4, July 2001, disponível em 04/2012 em:

www.ieee802.org/16/tg3/contrib/802163c-01_29r4.pdf

ERCEG, V., et al, ”Channel Models for fixed Wireless Applications,” IEEE 802.16a-03/01, June 2003, disponível em 04/2012 em:

http://wirelessman.org/tga/docs/80216a-03_01.pdf

GOLDSMIT, A. “WirelessCommunications,” Cambridge University Press, 2005, 644 pp.

GREENSTEIN, L. J., et al, “Ricean K-factors in narrowband fixed wireless channels: Theory, experiments, and statistical models,” WPMC’99 Conference Proceedings, Amsterdam, September 1999.

HATA, M. “Empirical formula for propagation loss in land mobile radio sevices,” IEEE Trans. Veh. Technol., vol. 29, pp 317-325, Aug. 1980.

IKEGAMI, F. et al. “Propagation factors controlling mean field strength on urban streets,” IEEE Trans. on Antennas Propagation, vol. 32, no. 8, pp. 822-829, Aug. 1984.

JAIN, R. “Channel Models, A Tutorial”, V1.0, Febr. 21, 2007. Disponível em 04/2012 em:

http://www.cse.wustl.edu/~jain/cse574-08/ftp/channel_model_tutorial.pdf

MARDENI, R.; SIVA PRIYA, T. “Optimised COST-231 Hata models for WiMAX Path Loss Prediction in Suburban and open Urban Environments,” Modern Applied Science, Vol. 4, No. 9; September 2010. Disponível em 27/04/2012 em: www.ccsenet.org/mas

MILANOVIC, J.; RIMAC-DRLJE, S.; BEJUK, K. “Comparison of Propagation Models Accuracy for WiMax on 3,5 GHz,” Disponível em 28/04/2012 em:

International Conference on Electronics, Circuits and Systems, 2007. ICECS 2007. 14th IEEE

OKOMURA, T.; OHMORE, E.; FUKUDA, K. “Field strength and is variability in VHF and UHF land mobile service,” Rev. Elec. Commun. Lab., pp. 825-73, September-October 1968.

RAJ, J. “Channel Models – A Tutorial,” V1.0, February 21, 2007, disponível em 17/05/2012 em: http://www.cse.wustl.edu/~jain/cse574-08/ftp/channel_model_tutorial.pdf

RAPPAPORT, T. S. – “Wireless Communication,” Principles and Practice, IEEE Press, Institute of Electrical and Electronics Engineers, Inc., Prentice Hall PTR, 1996, pp 641.

ROCHOL, J. “Comunicação de Dados,” Editora Bookmann, Série de Livros Didáticos da UFRGS, Vol. 22, 366p.

STALLINGS, W. – “Wireless Communication,” second edition, Pearson Prentice Hall, 2005, pp. 560.

STUTZMAN, W. L.; THIELE, G. A.Antenna Theory and Design,” John Wiley, 1998, Second Edition, New York. 941 pp.

WALFISCH, J.; BERTONI, H. L. “A theoretical model of UHF propagation in urban environments,” IEEE Trans. on Antennas and Propagation, vol, 36, no. 12, pp. 1788-1976, Dec. 1988.




1 A função densidade espectral de potência deste ruído é No/2 tendo em vista que No se espalha sobre a banda bilateral do canal que vai de –f a +f.

2 Ente virtual; que não possui existência física real

3 Que possui propriedades físicas que são independentes da direção

4 Anisotrópico – antônimo de isotrópico

5 MIMO (Multiple Input Multiple Output) – As entradas e saídas se referem ao canal de RF e não aos dispositivos de transmissão e recepção.

6 No desenvolvimento de software, um framework é uma estrutura de suporte definida, através da qual um projeto de software pode ser organizado e desenvolvido. Tipicamente, um framework pode incluir programas de apoio, bibliotecas de código, linguagens de script e outros softwares para ajudar a desenvolver um novo projeto.

7 Diversidade deve ser entendida como a capacidade que um sistema apresenta que perturbações, numa determinada dimensão física, são minimizadas por técnicas de codificação ou redundância. Estas dimensões são essencialmente; tempo, freqüência e espaço.

8 Christiaan Huygens (1629-1695), matemático, físico e astrônomo holandês.

9 Frente de onda é uma superfície imaginária representada por pontos no espaço que vibram em unissono (com a mesma fase e frequencia), a partir de uma onda eletromagnética plana, que se propaga em um meio homogêneo.

10 Empírico significa um processo baseado somente em observações ou experimentos

11 Heurístico se refere a técnicas baseadas em experiências para obter a solução de um problema complexo

12 MATLAB (MATrix LABoratory) é um ambiente de programação para desenvolvimento de algoritmos, análise de dados, visualização e computação numérica para as mais diversas áreas técnicas. O Matlab é essencialmente um software destinado a fazer cálculos com matrizes.





1   2   3   4   5


Разместите кнопку на своём сайте:
lib.convdocs.org


База данных защищена авторским правом ©lib.convdocs.org 2012
обратиться к администрации
lib.convdocs.org
Главная страница